Cienciais da Terra e da Vida

Botânica

Margarida

Autor: Equipa knoow.net

Data de criação: 04/09/2014; Última actualização: 04/09/2014

Contributos: Este verbete não recebeu quaisquer contributos. Se é especialista nesta matéria e acha que pode melhorar esta página contacte-nos para o nosso mail: knoow.net@gmail.com.

Resumo: Apresentação da margarida e das suas principais características; morfologia; principais espécies; classificação científica...  ver mais

Palavras chave:  biologia, botânica, plantas

Este termo está a ser comentado no nosso blog... Participar na discussão

Com o apoio da PCNunes - Consultores de Gestão, Lda

 

Margarida

| A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z |

Apresentação da Margarida

O termo Margarida é a designação comum dada a várias espécies de plantas e à sua respectiva flor, pertencentes à família das compostas. O seu nome deriva do latim margarita que em português significa 'pérola'.

É comum dar outros nomes a estas plantas, entre os quais crisântemos, malmequeres, bem-me-quer, bonita, margarita ou olho de boi. Apesar de serem muitas vezes consideradas outras espécies, a versão mais aceite é a de que incluir nas Margaridas apenas as plantas do género Bellis, algumas espécies de crisântemos e de malmequeres.

Originária da China e de outras partes da Ásia, onde já é cultivada há mais de dois mil anos, esta planta foi introduzida na Europa apenas no séc. XVIII, onde tem sido largamente cultivada como planta ornamental e tendo dado origem a diversas espécies. Apesar do seu aspeto frágil, a margarida adapta-se facilmente a vários tipos de solos e de climas daí a sua proliferação em várias partes do mundo.

Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Asterales
Família: Compositae
Género: Bellis e outras
Espécie: Várias
Nome binomial
- - -

 

Morfologia do Margarida

As pétalas das flores da margarida são alargadas e delgadas, geralmente de cor branca ou amarela, e redeiam um botão central de cor dourada ou amarela. As suas folhas têm um formato oval e os seus caules são delgados e compridos podendo, em algumas espécies, ultrapassar um metro de altura.

 

Espécies de Margaridas

Como referido, existem inúmeras espécies de margaridas, não sendo consensual quais as que efectivamente devam ser incluídas nesta designação. A versão mais aceite é que as margaridas incluam apenas:

. Todas as espécies do género Bellis, da família das Compostas, onde se inclui a bonina ou bela-margarida (Bellis perennis), a margarida-do-monte (Bellis sylvestris) e a margarida-menor (Bellis annua)

. A 'rainha-margarida' (Callistephus chinensis)

. A 'quaresmeira' ou 'malmequer-do-campo' (Tibouchina aspera)

. Algumas espécies de Crisântemos (Leucanthemum vulgare ou Chrysanthemum leucanthemum e o Chrysanthemum frutescens)

 

Curiosidades

Em tempos antigos, provavelmente devido ao seu aspeto delicado, a margarida era considerada a flor das donzelas, e ainda hoje simboliza a juventude, a virgindade, o amor inocente, a sensibilidade, bem como a pureza, a paz, a bondade e o afeto.

Antigamente, acreditava-se que a margarida tinha propriedades terapêuticas para cura de doenças dos olhos sendo produzidos remédios com as suas flores. No médio oriente, a civilização Assíria acreditava que era possível devolver a cor aos cabelos brancos usando uma loção produzida com margaridas esmagadas. Em determinadas regiões, chegou também a ser usada para limpar feridas e para tratar a febre.

 

Este termo está a ser comentado no nosso blog
Participar na discussão

 

>>Search<<