Gestão / Administração

Dissertações de Mestrado

 

Contributo para a concepção de um Balanced Scorecard num equipamento de uma organização sem fins lucrativos

 

Autor: José Luís dos Santos Pereira
Orientador:
Pedro António Ferreira

 

Mestrado em Gestão

ISCTE - IUL

 

 

continuar

 

Contributo para a concepção de um Balanced Scorecard num equipamento de uma organização sem fins lucrativos

Resumo

Um dos desafios da gestão é definir a estratégia e conseguir que esta seja efectivamente executada em toda a organização. Este é um desafio importante para todas as organizações, sejam elas empresas, organismos do Estado ou organizações sem fins lucrativos. O balanced scorecard é um instrumento de gestão actual que permite, de uma forma equilibrada e flexível, ligar a estratégia definida para a organização à implementação e monitorização da performance. O presente estudo teve como objectivo a concepção do balanced scorecard para uma organização sem fins lucrativos, situada na cidade de Lisboa, e destinada ao acolhimento de jovens do sexo feminino, dos 12 aos 18 anos, em situação de perigo. Foi efectuada a identificação da visão, missão, valores, factores críticos de sucesso, objectivos estratégicos. Foram definidos os indicadores de performance, as metas e as respectivas iniciativas. Foi proposto um roteiro de implementação. Concluímos pela viabilidade da aplicabilidade do conceito balanced scorecard a uma organização de solidariedade social.

 

Palavras chave: Gestão, Performance, Balanced scorecard, Organizações sem fins lucrativos, Management, Performance, Nonprofit institutions

 

Índice

Agradecimentos 
Índice 
Índice de figuras
Índice de tabelas
Índice de gráficos 
Siglas e Abreviaturas 
Codificação das perspectivas, factores críticos de sucesso, objectivos, indicadores e
iniciativas
Sumário
Summary

1 Introdução

1.1 Contexto do estudo
1.2 Objectivos do estudo 
1.3 Pertinência do tema 
1.4 Estrutura do trabalho 

2 Revisão da Literatura 

2.1 As organizações sociais 
2.2 A gestão nas organizações sem fins lucrativos 
2.3 Visão, missão e valores 
2.4 Factores críticos de sucesso 
2.5 Gestão da performance 
2.6 O balanced scorecard 

2.6.1 O estudo de Kaplan e Norton 
2.6.2 As quatro perspectivas do balanced scorecard 
2.6.3 O mapa estratégico 
2.6.4 Indicadores, metas e iniciativas que traduzem a estratégia em acção 
2.6.5 O balanced scorecard para organismos públicos ou organizações sem fins
lucrativos 
2.6.6 A evolução do balanced scorecard 
2.6.7 Críticas ao balanced scorecard 

2.7 Tipos, fichas e testes de indicadores 

2.7.1 Tipos de indicadores 
2.7.2 Fichas de indicador 
2.7.3 Teste aos indicadores

2.8 O estado da arte na gestão da performance

3 Quadro Conceptual de Referência 

3.1 A revisão de literatura e a esquematização dum quadro conceptual genérico 
3.2 A adopção e adaptação do balanced scorecard

4 Métodos e Técnicas de Recolha e de Análise de Dados
5 Análise de Informação e Concepção do Balanced Scorecard da Casa da Luz

5.1 Sistema de Acolhimento de Emergência (Distrito de Lisboa)
5.2 Caracterização da Casa da Luz 
5.3 Visão, missão e valores 
5.4 Identificação dos Stakeholders Externos 
5.5 As propostas de valor 
5.6 Factores críticos de sucesso 
5.7 Objectivos estratégicos

5.7.1 Definição dos objectivos 
5.7.2 Criticidade dos objectivos 

5.8 Indicadores de performance 
5.9 Criticidade dos indicadores 
5.10 A definição de metas 
5.11 As iniciativas para a acção 
5.12 Mapa de consolidação do balanced scorecard da Casa da Luz 

6 Proposta de Implementação 

7 Conclusões 

7.1 Conclusões 
7.2 Limitações 
7.3 Sugestões para investigações futuras 

Bibliografia 

Anexos 

1 Fichas dos indicadores 

2 Guião de entrevistas (Semi-estruturadas)

 

 

Trabalho completo