Gestão / Administração

Dissertações de Mestrado

 

Gestão de pessoas: identidade e desempenho

 

Autor: Maria Manuela Belo Mateus
Orientador:
Francisco Nunes

 

Mestrado em Gestão dos Serviços de Saúde

ISCTE - IUL
 

Se é autor de uma tese / dissertação de mestrado ou de doutoramento envie-nos para knoow.net@gmail.com e ajude-nos a enriquecer ainda mais o nosso site.

continuar

 

Gestão de pessoas: identidade e desempenho

Resumo

As unidades de saúde são organizações com um contexto orgânico específico, pelo que toda a sua organização está estruturada em função da orgânica, e todo o seu funcionamento está em estrita ligação com os modelos de gestão existentes, com o tipo de liderança implementado, com o envolvimento que cada funcionário tem com a sua organização e com o desempenho profissional. A integração organizacional é obtida especialmente através do alinhamento e da integração das metas dos indivíduos com os objectivos das organizações. Quanto maior a congruência entre metas individuais e objectivos organizacionais, maior a integração. Com base numa amostra de 308 funcionários das diferentes categorias profissionais do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental – Hospital de Egas Moniz, o presente estudo testa um modelo que procura analisar a influência das práticas de gestão de recursos humanos e da liderança nas identificações com a organização, com a profissão e com o serviço, e como estas se podem constituir como antecedentes do desempenho profissional. Os dados obtidos revelam que as práticas de gestão de recursos humanos e a liderança explicam de forma significativa, 20,1% da variância da identificação com o serviço, 5,7% da identificação com a profissão e 20,9% da identificação com a organização e que as identificações (com a organização, com a profissão e com o serviço) justificam 18,2% da inovação, 23,9% da equipa, 8,7% da função e 21,6% da carreira (desempenho profissional).

 

Palavras chave: Identificação Organizacional, Identidade Organizacional, Recursos Humanos, Liderança Carismática/Transaccional e Desempenho Profissional, Organizational Identification, Organizational Identity, Human Resource Practices, Charismatic/Transformational Leadership and Job Performance

 

Índice
INTRODUÇÃO

1 – QUADRO CONCEPTUAL DE INVESTIGAÇÃO

1.1 - Abordagem Teórica

1.1.1 - Identificação Organizacional
1.1.2 - Práticas de Recursos Humanos
1.1.3 - Liderança

1.1.3.1 - Liderança Carismática
1.1.3.2 - Liderança Transaccional
1.1.3.3 - Liderança Transformacional
1.1.3.4 - O Modelo de Liderança Carismática/Transformacional

1.1.4 - Desempenho Profissional

1.2 - Formulação do Problema

2 - MÉTODO

2.1 - Caracterização da Organização em Estudo
2.2 - Participantes
2.3 - Medidas

2.3.1 - Práticas de Gestão de Recursos Humanos
2.3.2 - Liderança Carismática/Transformacional
2.3.3 - Identificação com a Organização
2.3.4 - Identificação com a Profissão
2.3.5 - Identificação com o Serviço
2.3.6 - Desempenho Profissional
2.3.7 - Variáveis de Controlo

2.4 - Procedimentos

2.5 - Técnicas de Tratamento da Informação

3 - RESULTADOS

3.1 - Análise Factorial das Práticas de Gestão de Recursos Humanos

3.2 - Análise Factorial da Liderança Carismática
3.3 - Análise Factorial da Identificação com a Organização, com a Profissão e
com o Serviço
3.4 - Análise Factorial do Desempenho Profissional
3.5 - Análise de Regressão das Variáveis do Estudo

4 - DISCUSSÃO DOS RESULTADOS E CONCLUSÕES

5 - BIBLIOGRAFIA

6 - ANEXOS

Anexo A - Cálculo da amostra representativa para a população em estudo
Anexo B - Nome do Serviço onde se encontra a exercer funções
Anexo C – Modelo de questionário utilizado
Anexo D - Autorização do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental – Hospital de Egas Moniz para a aplicação do questionário
Anexo E - Análise Factorial das Variáveis do Estudo

 

 

Trabalho completo