Gestão / Administração

Dissertações de Mestrado

 

Implementação do Balanced Scorecard
O caso Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social, I.P.

 

Autor: Manuel Cristóvão Martins de Sá Pimenta
Orientador: João Francisco Alves Ribeiro

 

Mestrado em Contabilidade

Faculdade de Economia da Universidade do Porto
 

Se é autor de uma tese / dissertação de mestrado ou de doutoramento envie-nos para knoow.net@gmail.com e ajude-nos a enriquecer ainda mais o nosso site.

continuar

 

Implementação do Balanced Scorecard

Resumo

Apesar de o Balanced Scorecard (BSC) ser reconhecido como útil para as organizações, consoante a finalidade com que é utilizado, dezassetes anos decorridos sobre a sua primeira formulação, têm-se registado dificuldades de diferente natureza que fazem redundar em fracasso as tentativas da sua implementação. Porém também se registam casos de sucesso. A literatura tem referido factores críticos, associados a boas práticas
organizacionais, que podem ser decisivos na eliminação e/ou redução das dificuldades na implementação do BSC. A partir de um estudo de caso centrado num organismo da Administração Pública – Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social, I.P. (IGFSS) – procura-se no presente trabalho identificar quais foram os factores que influenciaram a decisão de adopção, implementação e consequente operacionalização, bem como quais as práticas seguidas para garantir o sucesso do BSC, no IGFSS. No caso IGFSS registaram-se um conjunto de boas práticas que foram determinantes na eliminação e na redução das dificuldades que se poderiam colocar na implementação do BSC, atentos os factores críticos identificados na literatura. Daquelas boas ptráricas, destacam-se entre outras: o forte patrocínio da alta direcção, a transmissão clara da missão, visão e da estratégia, a delegação de poder e de competências e a utilização intensiva de recursos e competências internas. Como sinais evidentes do sucesso obtido, o BSC é hoje reconhecido no IGFSS como um sistema de reconhecida utilidade para a tomada de decisão, bem como na operacionalização de toda a informação relevante para o controlo de gestão e da estratégia da organização. Também ficaram evidentes os altos níveis de satisfação e orgulho dos colaboradores do IGFSS, relevando os benefícios que o BSC acrescentou à organização.

 

Palavras chave: Boas Práticas, BSC, Factores Críticos, Implementação, Organização, Sucesso.

 

Índice

1 INTRODUÇÃO

1.1 Introdução

1.2 Estrutura do trabalho

2 O BALANCED SCORECARD (BSC) E SUA EVOLUÇÃO

2.1 As perspectivas

2.1.1 Financeira
2.1.2 Dos clientes
2.1.3 Dos processos
2.1.4 Da aprendizagem e conhecimento

2.2 O BSC e a estratégia - sua materialização

3 IDENTIFICAÇÃO DOS OBSTÁCULOS, PROBLEMAS E FACTORES CRÍTICOS NA IMPLEMENTAÇÃO DO BSC

4 METODOLOGIA

4.1 O estudo de caso: vantagens e limitações

4.2 Recolha e análise de informação no IGFSS

5 APRESENTAÇÃO E DISCUSSÃO DO ESTUDO DE CASO

5.1 Apresentação da organização

5.2 Génese, concepção e implementação do BSC no IGFSS

5.2.1 Os antecedentes – a criação de um ambiente de gestão por objectivos e de avaliação de desempenho

5.2.2 Os trabalhos de preparação para a implementação do BSC

5.3 O BSC no IGFSS: um caso de sucesso

5.4 Factores/práticas que favoreceram o sucesso do BSC no IGFSS

6 CONCLUSÕES, LIMITAÇÕES E SUGESTÕES

6.1 Conclusões 
6.2 Limitações 
6.3 Sugestões

7 BIBLIOGRAFIA

8 ANEXO 1 – Quadro guião para entrevista
 

 

Trabalho completo