Psicologia

Dissertações de Mestrado

 

Adaptação, saudades de casa e sintomatologia depressiva nos estudantes deslocados

 

Autor: Joana Isabel da Encarnação Canha
Orientador: Bruno Gonçalves

 

Mestrado em Psicologia

Secção de Psicologia Clínica e da Saúde
Núcleo de Psicologia Clínica Dinâmica

Universidade de Lisboa
 

Se é autor de uma tese / dissertação de mestrado ou de doutoramento envie-nos para knoow.net@gmail.com e ajude-nos a enriquecer ainda mais o nosso site.

continuar

 

Adaptação, saudades de casa e sintomatologia depressiva nos estudantes deslocados

Resumo

A transição para a universidade é, só por si, uma altura de grandes mudanças para os estudantes. Estas mudanças são ainda mais acentuadas para os estudantes deslocados da Madeira e dos Açores que, não só têm que deixar a casa dos pais, como têm que se adaptar a um ambiente diferente e com diferentes recursos. O objectivo deste trabalho é estudar a eventual relação entre a adaptação, as saudades de casa e a sintomatologia depressiva. Recorreu-se ao método bola de neve e à internet para recolher uma amostra de 137 sujeitos, sendo que 80 são naturais da Madeira e 57 dos Açores, avaliados individualmente através do Questionário Sobre a Adaptação dos Estudantes Deslocados, Questionário Saudades de Casa e pela a CES-D. Hipotetizou-se que a sintomatologia depressiva apresentada está positivamente correlacionada com a intensidade das saudades de casa, (hipótese 1) e com as dificuldades de adaptação (hipótese 2). Procedeu-se à análise das relações entre estas três variáveis, nomeadamente à relação entre as duas variáveis independentes, saudades de casa e problemas de adaptação (hipótese 3). Verificamos, ainda, qual destas duas variáveis independentes está mais directamente ligada com a sintomatologia depressiva, sendo que se hipotetizou que a adaptação tem um efeito indirecto na depressão (hipótese 4). Os dados corroboram todas as hipóteses. Verificou-se ainda que os estudantes deslocados da Madeira têm níveis mais altos de sintomatologia depressiva face aos estudantes dos Açores e que 43,4% da amostra apresenta níveis altos de sintomatologia depressiva, acima de 30.

 

Palavras chave: Depressão, Estudantes universitários, Saudade, Teses de mestrado - 2009

 

Índice

Resumo

Abstract

Introdução

Capítulo 1: A transição para a faculdade dos estudantes

1.1. A transição para a faculdade
1.2. A transição para a faculdade enquanto migração
1.3. Perda e depressão: a teoria psicanalítica3

Capítulo 2: Objectivos e Método

2.1 Objectivos e Variáveis Estudadas
2.2 Método

2.2.1 Hipóteses
2.2.2 Instrumentos
2.2.3 Participantes
2.2.4 Caracterização da Amostra

Capítulo 3: Resultados

3.1 Características psicométricas do QAE e do QSC
3.2 Resultados obtidos com os instrumentos
3.3 Testes das hipóteses

Capítulo 4: Discussão

Capítulo 5: Conclusões

Capítulo 6: Referências Bibliográficas

 

 

Trabalho completo