Psicologia

Dissertações de Mestrado

 

All you need is music
Caracterização da regulação emocional dos jovens através da música

 

Autor: Ana Margarida Macedo Baltazar
Orientador: Adelina Lopes da Silva

 

Mestrado em Psicologia

Secção de Psicologia Clínica e da Saúde
Núcleo de Psicoterapia Cognitiva-Comportamental e Integrativa

Universidade de Lisboa
 

Se é autor de uma tese / dissertação de mestrado ou de doutoramento envie-nos para knoow.net@gmail.com e ajude-nos a enriquecer ainda mais o nosso site.

continuar

 

All you need is music

Resumo

A maioria das pessoas reconhece na música um grande poder sobre as emoções e usa-a de acordo com os efeitos que pretende. Os efeitos emocionais procurados na música têm indicado aos investigadores que existe uma utilização da música com objectivos de regulação emocional. A frequência com que os jovens ouvem música, a relação que estabelecem com este recurso e as suas próprias características desenvolvimentistas tornam-nos participantes ideais para o presente estudo. Assim, o principal objectivo deste estudo foi compreender a utilização da música na regulação emocional por parte dos jovens. Os dados foram recolhidos através de entrevistas semi-estruturadas realizadas a seis jovens, com idades compreendidas entre os 16 e os 21 anos. A análise de conteúdo possibilitou a construção de categorias com base teórica e base empírica. O modelo teórico adoptado foi o modelo de processo de regulação emocional de Gross (1998b), que postula a existência de vários momentos nos quais se pode registar um esforço de regulação: selecção da situação, modificação da situação, gestão da atenção e modulação da resposta. Os resultados revelaram que a música é usada pelos jovens em todas as fases do processo de regulação emocional e que existem várias estratégias associadas a cada fase e subjacentes à audição de música. As estratégias mais frequentemente referidas foram a reavaliação cognitiva, o aumento da intensidade subjectiva da emoção, a provocação de emoções desejadas, a substituição da emoção, a distracção e a modulação de aspectos comportamentais. As limitações do presente trabalho, as implicações para a investigação e sugestões para estudos futuros são apresentadas e discutidas.

 

Palavras chave: Emoções, Música, Adolescência - Portugal, Teses de mestrado - 2009

 

Índice

CAPÍTULO 1 - INTRODUÇÃO

CAPÍTULO 2 - ENQUADRAMENTO TEÓRICO

2.1 Música e emoção
2.2 Música e regulação emocional
2.3 Os adolescentes, a música e a regulação emocional

2.3.1 Os adolescentes e a música
2.3.2 Desenvolvimento da regulação emocional
2.3.3 Regulação emocional através da música pelos adolescentes

2.4 Emoção – porquê regular?

2.5 Regulação emocional

2.5.1 Estratégias de regulação emocional
2.5.2 Modelo de Processo de Regulação Emocional

2.6 Questões de investigação

CAPÍTULO 3 – METODOLOGIA

3.1 Abordagem de investigação qualitativa
3.2 Participantes
3.3 Instrumentos

3.3.1 Entrevista semi-estruturada

3.3.1.1 Guião

3.3.1.2 Cartões de situação

3.4 Procedimento

3.5 Tratamento dos dados

CAPÍTULO 4 – SÍNTESE E DISCUSSÃO DOS RESULTADOS

4.1 Dimensão música

4.1.1 Categoria características da música
4.1.2 Categoria relação dos jovens com a música

4.2 Dimensão processo de regulação emocional

4.2.1 Categoria selecção da situação

4.2.2 Categoria modificação da situação
4.2.3 Categoria gestão da atenção
4.2.4 Categoria mudança cognitiva
4.2.5 Categoria modulação da resposta

4.3 Cartão em branco

4.4 Análise quantitativa dos dados

CAPÍTULO 5 – DISCUSSÃO GERAL E CONCLUSÃO

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

ANEXOS

 

 

Trabalho completo