Psicologia

Dissertações de Mestrado

 

O auto-controlo
Sua influência no ajustamento psicossocial das crianças

 

Autor: Sandra dos Reis Alves
Orientador: Maria Isabel Sá

 

Mestrado em Psicologia

Secção de Psicologia Clínica e da Saúde

Núcleo Psicoterapia Cognitiva - Comportamental e Integrativa

Universidade de Lisboa
 

Se é autor de uma tese / dissertação de mestrado ou de doutoramento envie-nos para knoow.net@gmail.com e ajude-nos a enriquecer ainda mais o nosso site.

continuar

 

O auto-controlo

Resumo

O presente estudo procurou avaliar a eficácia dum Programa de Promoção de Assertividade e Competências Sócio Emocionais (PACSE), no auto controlo de crianças do primeiro e segundo ano de escolaridade. Utilizando o questionário de Auto Controlo de Kendall e Wilcox (1979), o Teacher Report Form (TRF) e o Child Behavior Checklist (CBCL) de Achenbach (1991), verificou-se que o programa não conduz as crianças a um maior auto controlo na sala de aula e em casa. Procurou-se ainda avaliar a importância do auto controlo no ajustamento psicossocial das crianças. Através dum instrumento sociométrico aplicado a turmas do segundo ano de escolaridade, analisaram-se os padrões de popularidade e as redes de amizade estabelecidas por crianças com baixo auto - controlo. Os resultados mostram que crianças percepcionadas como pouco auto controladas tendem a ser rejeitadas ou negligenciadas pelos seus pares, possuindo uma rede de amigos pouco diversificada e com poucas interacções de amizade mútua. Estudos correlacionais apontam ainda para uma correlação significativa positiva entre o auto controlo e a existência de problemas de internalização e externalização. Crianças com elevados níveis de auto controlo parecem registar menos problemas comportamentais e desenvolverem relações com os pares mais gratificantes.

 

Palavras chave: Auto controlo, Amizade, Comportamentos, Ajustamento psicológico, Teses de mestrado

 

Índice 

1. Introdução

1.1 Principais Objectivos do Estudo
1.2 Interesse e Pertinência do Estudo
1.3 Enquadramento Teórico Referente ao Auto – Controlo
1.4 O Estudo Empírico

1.4.1 Questões de Investigação
1.4.2 Hipóteses de Estudo
1.4.3 Delimitação do Estudo
1.4.4 Definição das Variáveis

2. Revisão de Literatura

2.1 O Auto – Controlo e a Psicopatologia: Repercussões dum Baixo Auto – Controlo na Vida e Futuro das Crianças

2.2 Eficácia e Limitações Comuns de Programas de Promoção do Auto – Controlo

3. Métodos e Materiais

3.1 Tipo de Estudo
3.2 Descrição do Programa
3.3 Amostra
3.4 Medidas
3.5 Procedimento

4. Resultados
5. Discussão dos Resultados e Conclusão
6. Referências Bibliográficas
7. Apêndices
8. Índice de Quadros
9. Índice de Figuras

 

 

Trabalho completo