Psicologia

Dissertações de Mestrado

 

Caminhando entre passos tradicionais e modernos
Um olhar sobre a satisfação conjugal

 

Autor: Catarina Lucas Gonçalves da Silva
Orientador: Isabel Narciso Davide

 

Mestrado em Psicologia

Secção de Psicologia Clínica e da Saúde

Núcleo de Psicologia Clínica Sistémica

Universidade de Lisboa
 

Se é autor de uma tese / dissertação de mestrado ou de doutoramento envie-nos para knoow.net@gmail.com e ajude-nos a enriquecer ainda mais o nosso site.

continuar

 

Caminhando entre passos tradicionais e modernos

Resumo

O presente estudo enquadra-se no âmbito da Psicologia da Família, mais especificamente, no âmbito da conjugalidade. Pretende-se estudar, numa amostra de 146 indivíduos portugueses: 1) as variáveis satisfação conjugal e a proximidade em função da situação relacional (casamento / união de facto) e em função da religiosidade (não crente ecrente) e 2) a satisfação em diferentes áreas da vida conjugal em função da situação relacionale em função da religiosidade. Os instrumentos utilizados foram a EASAVIC (Narciso e Costa,1996) e a IOS (Aron, Aron e Smollan, 1992). A análise quantitativa de resultados foi realizada com recurso ao software Statistical Package for Social Sciences (SPSS) 15.0 for Windows, tendo-se concluído que: 1) não existem diferenças significativas face à proximidade relativamente à situação relacional e religiosidade; 2) verificaram-se diferenças significativas na satisfação conjugal relativamente à situação relacional, sendo esta maior na união de facto e, relativamente à religiosidade, não se verificaram diferenças significativas.

 

Palavras chave: Satisfação conjugal, Casamento, União de facto, Religiosidade, Teses de mestrado

 

Índice 

Introdução

1. Enquadramento teórico

1.1. O amor e a União Conjugal
1.2. Satisfação e Qualidade Conjugal

1.2.1. Conceptualização de Satisfação e de Qualidade Conjugal

1.2.1.1. A Satisfação Conjugal segundo Gottman e alguns autores

1.3. Satisfação Conjugal: Casamento versus União de Facto

1.4. Proximidade / Intimidade – ponto nodal da conjugalidade
1.5. Satisfação Conjugal e Religiosidade

2. Processo Metodológico

2.1.Desenho da Investigação

2.1.1. A Questão Inicial
2.1.2. O Mapa Conceptual
2.1.3. Objectivos Gerais e Específicos

2.1.4. Questões de Investigação
2.1.5. Estratégia Metodológica

2.1.5.1. Processo de Selecção da Amostra

2.1.5.1.1. Caracterização da amostra em estudo

2.1.5.2. Escolha e descrição dos Instumentos utilizados

2.1.5.2.1. Questionário Geral

2.1.5.2.2. Escala de Avaliação da Satisfação em Áreas da Vida Conjugal (EASAVIC)

2.1.5.2.3 Escala de Inclusão do Outro no Self

2.1.5.3. Procedimento na recolha de dados

3. Apresentação dos Resultados

3.1. Resultados globais
3.2. Normalidade e Homogeneidade
3.3. Diferenças entre grupos nas variáveis Satisfação Conjugal e Proximidade
3.4. Análise descritiva dos resultados ao nível das áreas da vida conjugal

4. Discussão

Conclusões

5. Referências Bibliográficas

Anexos

Anexo I – Protocolo de apresentação
Anexo II – Instrumentos utilizados

Apêndices

Apêndice I – Caracterização sócio-demográfica da amostra
 

 

Trabalho completo