Psicologia

Dissertações de Mestrado

 

Coaching breve orientado para as soluções
Projecto de avaliação da sua eficácia na prevenção do distress e na promoção do eustress em contexto profissional

 

Autor: Rui Miguel de Jesus Garrido
Orientador: Manuel Rafael

 

Mestrado em Psicologia

 Secção de Psicologia dos Recursos Humanos, do Trabalho e das Organizações

Universidade de Lisboa
 

Se é autor de uma tese / dissertação de mestrado ou de doutoramento envie-nos para knoow.net@gmail.com e ajude-nos a enriquecer ainda mais o nosso site.

continuar

 

Coaching breve orientado para as soluções

Resumo

O stress profissional é imprescindível para o bom desempenho individual, dada a sua importância na gestão de desafios e ameaças no quotidiano. No entanto, a sua expressão como eustress parece proporcionar melhores índices de bem-estar e de desempenho do que a sua expressão como distress, o que tem levado a um crescente foco da literatura no desenvolvimento de conhecimentos e técnicas para a promoção do eustress no trabalho. Uma prática que visa corresponder a estes requisitos é o coaching breve orientado para as soluções (CBOS), que é uma aplicação em coaching dos princípios teórico-práticos da terapia breve orientada para as soluções. O CBOS visa a promoção de dimensões psicológicas como o optimismo, o coping focado na tarefa, o saborear dos desafios e dos momentos positivos, a internalidade de controlo, o sentido de coerência, a resiliência, e a auto-eficácia geral. A promoção destas dimensões é apontada pela pesquisa como sendo preventiva do surgimento de distress, e promotora da geração de eustress. É, portanto, expectável que uma técnica que promova o desenvolvimento individual destas características, como o CBOS procura fazer, também consiga produzir resultados positivos no que concerne à gestão do stress profissional, através da prevenção de sentimentos de distress e da geração de estados afectivos de eustress. O presente projecto visa expor um racional metodológico que permita testar esta possibilidade. O CBOS deverá ser aplicado na forma de business coaching, junto de uma amostra de profissionais, e o método proposto recorre à análise de dados quantitativos e qualitativos por meio de modelos de equações estruturais e de análise de conteúdo. São discutidos os resultados previstos, bem como as limitações do design de investigação. Propõem-se ainda direcções para pesquisa futura neste domínio.

 

Palavras chave: Stress profissional, Coaching, Satisfação profissional, Teses de mestrado

 

Índice

Introdução

1. Enquadramento Teórico 

1.1. O stress profissional 

1.1.1 O stress profissional e os seus efeitos no trabalho e nas organizações

1.1.2 Abordagens teóricas ao stress profissional
1.1.3 Da prevenção do distress à promoção do eustress, em contexto profissional
1.1.4 Factores protectores intra-individuais 
1.1.5 Intervir sobre os factores protectores

1.2 O coaching breve orientado para as soluções

1.2.1 O processo de coaching

1.2.2 A terapia breve orientada para as soluções
1.2.3 CBOS: a integração do coaching com a TBOS
1.2.4 Formulação das hipóteses de estudo

2. Método

2.1 Participantes
2.2 Procedimento

2.2.1 Coaches 
2.2.2 Grupo experimental e grupo de controlo
2.2.3 Recolha de dados de natureza quantitativa
2.2.4 Recolha de dados de natureza qualitativa

2.3 Instrumentos 

2.3.1 Auto-questionários
2.3.2 Entrevistas semi-estruturadas 

3. Método 21

3.1 Análise estatística dos dados de natureza quantitativa
3.2 Análise de conteúdo dos dados de entrevista semi-estruturada 27 Conclusão

Referências Bibliográficas 

 

 

Dissertação

ANEXO_I

ANEXO_II

ANEXO_III