Psicologia

Dissertações de Mestrado

 

Dimensões da conjugalidade e as relações com as diferenças de sexo e de nível de escolaridade

 

Autor: Ana Margarida Gonçalves Marcão
Orientador: Isabel Narciso Davide, Ana de Sousa Ferreira

 

Mestrado em Psicologia
Secção de Psicologia Clínica e da Saúde

Núcleo de Psicologia Clínica Sistémica

Universidade de Lisboa
 

Se é autor de uma tese / dissertação de mestrado ou de doutoramento envie-nos para knoow.net@gmail.com e ajude-nos a enriquecer ainda mais o nosso site.

continuar

 

Dimensões da conjugalidade e as relações com as diferenças de sexo e de nível de escolaridade

Resumo

A presente investigação quantitativa insere-se na área da Psicologia da Família, em particular, no âmbito da Conjugalidade. Pretende-se, numa amostra de 652 indivíduos portugueses casados ou em união de facto: 1) analisar as relações entre vinculação ao cônjuge, proximidade conjugal e satisfação conjugal; 2) analisar as diferenças entre homens e mulheres em cada uma das variáveis referidas e nas relações entre elas e; 3) verificar se a vinculação ao cônjuge, proximidade e satisfação conjugal variam em função da escolaridade. Os instrumentos utilizados foram a EASAVIC (Narciso e Costa, 1996), a IOS (Aron, Aron e Smollan (1992) e A&QRI-S (Moreira, 1998). Encontraram-se correlações significativas positivas entre todas as variáveis. No que diz respeito ao sexo, não se encontraram relações significativas com nenhuma das variáveis isoladamente, porém, surgiram algumas diferenças quando se correlacionaram as variáveis duas a duas. No que diz respeito ao nível de escolaridade, verificaram-se correlações positivas significativas com as variáveis satisfação conjugal e vinculação ao cônjuge e uma correlação negativa significativa com a variável proximidade conjugal. Verificaram-se, ainda, correlações positivas significativas entre o nível de escolaridade e as correlações entre as variáveis duas a duas.

 

Palavras chave: Satisfação conjugal, Vinculação, Psicologia da família

 

Índice

INTRODUÇÃO

1. ENQUADRAMENTO TEÓRICO E REVISÃO DE LITERATURA

1.1. Vinculação

1.1.1. Teoria da vinculação

1.1.2. Modelos Internos Dinâmicos

1.1.2.1. Estabilidade e Mudança nos Modelos Internos Dinâmicos

1.1.3. Da Vinculação na Infância à Idade Adulta: as Relações Românticas

1.2. Satisfação Conjugal

1.3. Proximidade

1.3.1. Proximidade como “Inclusão do Outro no Self”

1.4. Vinculação ao Cônjuge, Satisfação e Proximidade Conjugal

2. PROCESSO METODOLÓGICO

2.1. O Desenho da Investigação

2.1.1. A Questão Inicial
2.1.2. O Mapa Conceptual

2.1.2.1. Operacionalização das Variáveis em Estudo

2.1.3. Objectivos Gerais

2.1.4. Questões de Investigação
2.1.5. Estratégia Metodológica

2.1.5.1. Amostra

2.1.5.2. Instrumentos Utilizados

2.1.5.2.1. Questionário Geral

2.1.5.2.2. Escala de Inclusão do Outro no Self (IOS)

2.1.5.2.3. Escala de Avaliação da Satisfação em Áreas da Vida Conjugal (EASAVIC)
2.1.5.2.4. Escala de Vinculação ao Pai/Mãe/Outro Significativo (A & QRI S)

2.1.5.3. Procedimento na Recolha de Dados

3. APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS

3.1. Resultados Globais

3.2. Proximidade Conjugal

3.2.1. Sexo e Proximidade Conjugal

3.2.2. Nível de Escolaridade e Proximidade Conjuga

3.3.Vinculação ao Cônjuge

3.3.1. Sexo e Vinculação ao Cônjuge

3.3.2. Nível de Escolaridade e Vinculação ao Cônjuge

3.4. Satisfação Conjugal

3.4.1. Sexo e Satisfação Conjugal

3.4.2. Nível de Escolaridade e Satisfação Conjugal

3.5. Proximidade Conjugal, Vinculação ao Cônjuge e Satisfação Conjugal

3.5.1. Sexo e Proximidade Conjugal, Vinculação ao Cônjuge e Satisfação Conjugal
3.5.2. Nível de Escolaridade e Proximidade Conjugal, Vinculação ao Cônjuge e  Satisfação Conjugal

4. DISCUSSÃO

6. CONCLUSÃO

7. BIBLIOGRAFIA

ANEXOS

ANEXO I – Questionário Geral
ANEXO II – Escala de Inclusão do Outro no Self (IOS)
ANEXO III Escala de Avaliação da Satisfação em Áreas da Vida Conjugal (EASAVIC) 
 

 

Trabalho completo