Psicologia

Dissertações de Mestrado

 

Estilo de vinculação e satisfação na relação de namoro à distância

 

Autor: Leonor Isabel Felizardo dos Santos Colaço
Orientador: Maria Helena Santos Afonso

 

Mestrado em Psicologia

Secção de Psicologia Clínica e da Saúde
Núcleo de Psicoterapia Cognitiva-Comportamental e Integrativa

Universidade de Lisboa
 

Se é autor de uma tese / dissertação de mestrado ou de doutoramento envie-nos para knoow.net@gmail.com e ajude-nos a enriquecer ainda mais o nosso site.

continuar

 

Estilo de vinculação e satisfação na relação de namoro à distância

Resumo

Os jovens adultos têm como principais tarefas desenvolvimentistas o estabelecimento de relações íntimas com um parceiro romântico e a consolidação da sua identidade, equilibrando as necessidades de intimidade e as de autonomia. A crescente mobilidade na sociedade actual, aliada à necessidade de autonomia por parte dos jovens adultos, permite o desenvolvimento de relações românticas nas quais existe distância física entre os parceiros. O presente estudo tem como objectivo principal explorar aspectos das relações de namoro à distância, e o modo como estas se relacionam com o estilo de vinculação dos indivíduos e o seu grau de satisfação. Conduziu-se este estudo sobre uma amostra de 26 jovens adultos portugueses que mantinham uma relação de namoro à distância de natureza heterossexual, e foram avaliadas as percepções de apenas um dos membros do casal. O presente estudo revelou relações significativas entre alguns aspectos do namoro à distância e o estilo de vinculação dos indivíduos e o seu grau de satisfação na relação. Apresentam-se algumas implicações a nível da intervenção com jovens adultos envolvidos em relações de namoro à distância e sugestões de investigação futura.

 

Palavras chave: Vinculação, Namoro, Satisfação, Teses de mestrado - 2009

 

Índice 

1. Introdução

2. Processo de vinculação nos adultos

2.1. Estilos de vinculação
2.2. Relações românticas e estilos de vinculação

3. Desenvolvimento de relações românticas nos jovens adultos

4. Relações românticas à distância
5. Objectivos e variáveis
6. Método

6.1. Obtenção e selecção da amostra
6.2. Instrumentos de avaliação

6.2.1. Aspectos da relação de namoro à distância
6.2.2. Estilo de vinculação
6.2.3. Satisfação na relação

6.3. Procedimentos

6.4. Plano de análise de resultados

7. Resultados

7.1. Variáveis socio-demográficas
7.2. Aspectos da relação de namoro à distância
7.3. Estilo de vinculação e aspectos da relação à distância
7.4. Grau de satisfação na relação e aspectos da relação à distância
7.5. Estilo de vinculação e grau de satisfação
7.6. Diferenças de género nos aspectos da relação à distância, no estilo de vinculação e no grau de satisfação

8. Discussão e conclusão

9. Referências bibliográficas

Anexos

 

Trabalho completo