Psicologia

Dissertações de Mestrado

 

Influência do meio ecológico e da autonomia funcional nos níveis de depressão e de ansiedade face à morte, em idosos institucionalizados e não institucionalizados

 

Autor: Cláudia Sofia Ventura Russo
Orientador: Maria Eugénia Duarte Silva

 

Mestrado em Psicologia

Secção de Psicologia Clínica e da Saúde

Núcleo de Psicologia Clínica Dinâmica

Universidade de Lisboa
 

Se é autor de uma tese / dissertação de mestrado ou de doutoramento envie-nos para knoow.net@gmail.com e ajude-nos a enriquecer ainda mais o nosso site.

continuar

 

Influência do meio ecológico e da autonomia funcional nos níveis de depressão e de ansiedade face à morte, em idosos institucionalizados e não institucionalizados

Resumo

O presente estudo foi desenhado para determinar, de forma empírica, se a autonomia funcional e o meio ecológico influenciam os níveis de depressão e de ansiedade face à morte, em idosos institucionalizados e não institucionalizados. Para isto foram aplicados, a 86 idosos (26 de um Lar; 30 de um Centro de Dia e 30 residentes na Comunidade), instrumentos que avaliam o nível de autonomia MAB (Botelho, 2000), a depressão GDS (Yesavage et al. 1983; Barreto e cols., 2003) e a ansiedade face à morte DAQ (Conter, Weiner & Plutchik, 1982; Barros de Oliveira, 1998). De acordo com o meio ecológico foram formados três grupos. Verificou-se que os idosos institucionalizados são os menos autónomos, sendo que maiores níveis de autonomia funcional estão associados a menores níveis de depressão. A ansiedade face à morte não se encontra associada à autonomia funcional, nem difere para os grupos estabelecidos. Outros resultados vão ao encontro das hipóteses formuladas, apresentando-se a depressão correlacionada positivamente com a ansiedade face à morte, em todos os grupos. Quanto às diferenças de género, as mulheres apresentam maiores níveis de depressão que os homens, não se verificando diferenças na ansiedade face à morte.

 

Palavras chave: Depressão, Envelhecimento institucionalizado, Ansiedade, Teses de mestrado

 

Índice

Resumo

Abstract

Introdução

Método

Caracterização da amostra

Meio Ecológico

Plano Experimental

Instrumentos

Procedimento

Procedimento estatístico

Resultados

Discussão

Conclusão

Implicações

Limitações

Bibliografia

Anexos

 

 

Tese

Muito_mais_do_que_um_jogo

Capa_de_anexos

Anexo_1