Psicologia

Dissertações de Mestrado

 

Influência da percepção de segurança no restauro cognitivo em ambientes urbanos e naturais

 

Autor: Rita David Ribeiro
Orientador: José Manuel Palma Oliveira

 

Mestrado em Psicologia

Cognição Social Aplicada

Universidade de Lisboa
 

Se é autor de uma tese / dissertação de mestrado ou de doutoramento envie-nos para knoow.net@gmail.com e ajude-nos a enriquecer ainda mais o nosso site.

continuar

 

Influência da percepção de segurança no restauro cognitivo em ambientes urbanos e naturais

Resumo

O ambiente exterior por vezes apresenta exigências que levam à diminuição de recursos cognitivos e à fadiga mental. Uma forma de reverter estes efeitos negativos é através do restauro cognitivo, que consiste na renovação ou recuperação das capacidades cognitivas, sendo que alguns estudos mostram também que o restauro é útil na diminuição do stress. Uma vez que grande parte da literatura sobre restauro mostra que os ambientes urbanos são menos restauradores que os ambientes naturais, este estudo tem como objectivo testar se a percepção de segurança pode explicar este facto. Para isso é apresentada uma possível experiência onde será mostrado aos sujeitos residentes em áreas rurais e em áreas urbanas fotografias de ambientes naturais e urbanos e será pedido para indicarem a percepção de segurança e de restauro provocada por essas fotografias. Prevê-se que a percepção de segurança se correlacione positivamente com a percepção de restauro, que haja uma maior percepção de segurança e de restauro em ambientes naturais, e que o local de residência tenha influência na percepção de segurança e de restauro. Por fim, serão analisados os possíveis resultados e suas implicações.

 

Palavras chave: Cognição social, Percepção do risco, Psicologia do ambiente, Segurança, Teses de mestrado

 

Índice 

Introdução

Stress

Restauro Cognitivo

Attention Restoration Theory (ART)

Restauro em ambientes naturais

Não é só na natureza que ocorre restauro

Percepção de Risco

Segurança e criminalidade

O estudo

Metodologia

Primeira fase

Sujeitos

Material

Procedimento

Análise de resultados

Segunda fase

Sujeitos

Plano experimental

Material

Procedimento

Análise de resultados e resultados esperados

Discussão

Bibliografia

 

 

Trabalho completo