Psicologia

Dissertações de Mestrado

 

Pensar e agir para viver melhor
A autoregulação e o coping na adaptação dos indivíduos com Diabetes Mellitus de tipo II

 

Autor: Ana Raquel Mendes Filipe
Orientador: Adelina Lopes da Silva

 

Mestrado em Psicologia

Secção de Psicologia Clínica e da Saúde
Núcleo de Psicoterapia Cognitivo-Comportamental e Integrativa

Universidade de Lisboa
 

Se é autor de uma tese / dissertação de mestrado ou de doutoramento envie-nos para knoow.net@gmail.com e ajude-nos a enriquecer ainda mais o nosso site.

continuar

 

Pensar e agir para viver melhor

Resumo

No campo da Psicologia, acreditamos que o que pensamos sobre determinado aspecto influencia a forma como nos comportamos e o que sentimos. Esta monografia tem como objectivo estudar as relações existentes entre percepções de doença, estratégias de coping e adaptação em indivíduos com Diabetes Mellitus de tipo II (DMT2), de ambos os sexos, com idade próxima aos 40 anos e que tenham sido diagnosticados à mais de 6 meses e à menos de um ano. Para tal projectou-se a adopção de uma metodologia longitudinal, sendo os participantes avaliados em três momentos distintos ao longo de um ano (início do estudo, após 6 meses e após 12 meses). A avaliação será realizada por meio do IPQ-R, CSI e das análises da hemoglobina glicosilada (HbA1c). A par deste estudo quantitativo está igualmente prevista a aplicação de um questionário com duas
questões abertas, cujas respostas serão tratadas segundo o procedimento metodológico de análise de conteúdo.O leque dos resultados esperados engloba várias possibilidades: efeito directo das percepções de doença na adaptação; efeito directo das estratégias de coping na adaptação; efeito de moderação da associação entre percepções de doença e estratégias de coping na adaptação; e efeito de mediação exercido pelo coping. Os resultados mais proeminentes referem-se ao padrão de relações que se estabelecem entre as variáveis, ao longo do tempo.Os resultados podem vir a indicar que a adaptação do indivíduo com DMT2 é condicionada pela evolução das variáveis em estudo.

 

Palavras chave: Diabetes Mellitus Tipo 2, Auto-regulação, Coping, Teses de mestrado

 

Índice

I - Introdução

II - Enquadramento teórico e Estudos empíricos

Diabetes Mellitus – O que é?

Diabetes e Variáveis Psicológicas – Revisão de Literatura

Auto-regulação – Características e Definições

Auto-regulação e Diabetes Mellitus de Tipo II

Auto-regulação e Avaliação

Coping – Definições e Características

Coping e Diabetes Mellitus de Tipo II

Estilos e Estratégias de Coping

Coping e Avaliação

Coping e Intervenção

Auto-regulação e Coping (na Diabetes Mellitus de Tipo II)

Evolução das percepções de doença e estratégias de coping

Síntese

III - Metodologia

Questões de Investigação

Objectivos e Hipóteses

População, amostra e participantes

Investigação (Desenho)

Técnicas e Instrumentos de recolha e tratamento de dados

Técnicas e Instrumentos de recolha de dados

Técnicas e Instrumentos de tratamento de dados

IV - Discussão

Resultados

Conclusões gerais e Reflexões para a prática

Limitações

V - Referências bibliográficas

 

 

Trabalho completo