Psicologia

Dissertações de Mestrado

 

Um programa de planeamento da carreira para estudantes do 9º ano de escolaridade

 

Autor: Inês Sequeira Calado
Orientador: Maria Odília Teixeira

 

Mestrado em Psicologia
Secção de Psicologia da Educação e da Orientação

Universidade de Lisboa
 

Se é autor de uma tese / dissertação de mestrado ou de doutoramento envie-nos para knoow.net@gmail.com e ajude-nos a enriquecer ainda mais o nosso site.

continuar

 

Um programa de planeamento da carreira para estudantes do 9º ano de escolaridade

Resumo

O desenvolvimento da carreira e o comportamento vocacional têm vindo a assumir centralidade na Psicologia Educacional, constituindo-se como um dos domínios mais representativos da intervenção dos psicólogos nas escolas. Nas actuais condições do mundo do trabalho, a educabilidade do comportamento vocacional perspectiva-se como significativo para a educação e o apoio vocacional na adolescência representa uma das prioridades, visto constituir uma etapa de transição com decisões críticas, para o desenvolvimento vocacional. Neste sentido, esta investigação propõe um programa de planeamento da carreira para jovens do 9º ano de escolaridade, com fundamentação na teoria Sócio-cognitiva e focalizando os conceitos de reflexividade, de auto-eficácia, de interesses e de experiências de conhecimento. O programa foi concebido em doze sessões, cuja avaliação é realizada através de um questionário aplicado no princípio e no final da intervenção. Nas estratégias escolhidas, são relevantes a intervenção com os pais e a articulação com os professores e as instituições da comunidade, como o Instituto de Emprego e Formação Profissional. Os resultados obtidos no final do programa indiciam a eficácia da intervenção no sentido de que os jovens expressam mais confiança no que respeita ao processo de escolha, bem como uma maior consistência em dimensões de identidade pessoal. Os resultados validam ainda o modelo sócio-cognitivo na construção de programas, e acentuam a importância da avaliação da intervenção face ao aperfeiçoamento da mesma.

 

Palavras chave: Psicologia educacional, Orientação vocacional, Carreiras profissionais, Teses de mestrado - 2009

 

Índice

Introdução

Capítulo 1 – A Teoria Sócio-cognitiva no Contexto do Desenvolvimento de Carreira

1.1 – Princípios Teóricos

1.2 – Os Modelos Sócio-cognitivos da Carreira de Lent, Brown & Hackett

1.2.1 – Modelo de Desenvolvimento dos Interesses
1.2.2 – Modelo das Escolhas da Carreira
1.2.3 – Modelo do Desempenho

1.3 – Os Programas de Intervenção

1.3.1 – Concepção
1.3.2 – Fases
1.3.3 – Programas de Orientação da Carreira

Capítulo 2 – Metodologia

2.1 – Amostra

2.2 – Concepção e Elaboração do Programa

2.2.1 – Elaboração do Questionário
2.2.2 – Calendarização

2.2.3 – Recursos

2.2.3.1 – O Inventário de Interesses SDS e a Bateria de Aptidões BPR

2.2.4 – Objectivos

2.2.5 – Organização

2.2.6 – Plano das sessões

2.2.6.1 – Sensibilização

2.2.6.2 – 1ª Sessão – Expectativas
2.2.6.3 – 2ª Sessão – Avaliação do Percurso – “Linha de Vida”
2.2.6.4 – 3ª Sessão – Auto-conhecimento e Escolhas
2.2.6.5 – 4ª Sessão – Auto-conhecimento – Avaliação dos Interesses
2.2.6.6 – 5ª e 6ª Sessões – Auto-conhecimento – Avaliação das Aptidões
2.2.6.7 – 7ª Sessão – Alternativas de Formação
2.2.6.8 – 8ª Sessão – Emprego e Mercado de Trabalho
2.2.6.9 – 9ª e 10ª Sessões – Reflexão e Integração – Devolução de Resultados
2.2.6.10 – 11ª Sessão – Sessão para Pais e Encarregados de Educação
2.2.6.11 – 12ª Sessão – Reflectir sobre o Desenvolvimento e Mudança – Conclusão do Programa

Capítulo 3 – Análise e Discussão dos Resultados

3.1 – Análise dos Resultados do Questionário: Precisão e Correlações
3.2 – Análise das Distribuições e Comparação Pré e Pós-Teste
3.3 – Cruzamento das variáveis Participação dos Pais e Encarregados de Educação e Assiduidade dos alunos

3.4 – Resultados do Inventário de Interesses SDS e Matrícula

Capítulo 4 – Síntese e Conclusão

Bibliografia

Anexos

 

 

Trabalho completo