Psicologia

Dissertações de Mestrado

 

Relação entre a perspectiva temporal e a adaptação à escola em alunos do 9º ano

 

Autor: Ana Sofia Rodrigues Nobre
Orientador: Isabel Janeiro

 

Mestrado em Psicologia

Secção de Psicologia da Educação e da Orientação

Universidade de Lisboa
 

Se é autor de uma tese / dissertação de mestrado ou de doutoramento envie-nos para knoow.net@gmail.com e ajude-nos a enriquecer ainda mais o nosso site.

continuar

 

Relação entre a perspectiva temporal e a adaptação à escola em alunos do 9º ano

Resumo

As dificuldades de adaptação à escola e a falta de objectivos a longo prazo, têm vindo a ser referenciadas como uma problemática da sociedade e estão na base do insucesso escolar. A presente investigação tem como objectivo estudar a relação entre Perspectiva Temporal e a Adaptação à Escola. De forma a atingir esse objectivo, o presente estudo dividiu-se em duas partes. Numa primeira parte desenvolveu-se o estudo prévio do Questionário de Adaptação Escolar. Na segunda parte, correspondente ao estudo principal, analisaram-se os resultados tendo em conta a problemática em estudo. No estudo principal, foram aplicados a alunos do 9º ano, o Questionário de Adaptação Escolar em conjunto com o Inventário de Perspectiva Temporal (N=134). Os resultados obtidos permitiram apoiar a relação entre a orientação temporal de futuro e a adaptação à escola. Esta associação é mais intensa quando relacionada com as subescalas de Atitude Académica e Bem-estar Escolar. Através do estudo diferencial efectuado entre géneros, verificou-se que o género feminino apresenta atitudes de orientação para o passado, o relacionamento com os pares e índices de adaptação à escola mais elevados, comparativamente com os alunos do género masculino. Em termos gerais, estes resultados indicam que a orientação temporal de futuro pode ser um elemento chave para as dimensões subjacentes ao envolvimento dos alunos no contexto escolar.

 

Palavras chave: Adaptação escolar, Insucesso escolar, Teses de mestrado

 

Índice

Introdução

Capítulo 1 – Enquadramento Teórico

1.1 O tempo e a Psicologia
1.2 Desenvolvimento do conceito de Perspectiva Temporal
1.3 Desenvolvimento da Perspectiva Temporal
1.4 Perspectiva Temporal, um estilo de abordar as tarefas – Teoria de Zimbardo
1.5 Envolvimento/Adaptação à escola
1.6 A importância da orientação temporal de futuro no contexto escolar

Capítulo 2 – Estudo prévio sobre o Questionário de Adaptação Escolar

2.1 Apresentação e organização do instrumento

a) Questionário de Adaptação Escolar
b) Participantes do estudo prévio
c) Análise de resultados

2.2 Reformulação do Questionário de Adaptação Escolar

Capítulo 3 – Estudo Principal: Aspectos Metodológicos

3.1 Instrumentos e condições de aplicação

a) Questionário de dados pessoais
b)Inventário de Perspectiva Temporal
c)Questionário de Adaptação Escolar
d) Condições de aplicação
e) Participantes

Capítulo 4 – Estudo Principal: Análise dos Resultados

4.1 Características psicométricas do Questionário de Adaptação Escolar e do Inventário de Perspectiva Temporal

4.1.1 A nova versão do Questionário de Adaptação Escolar

a) Análise em componentes principais
b) Análise de precisão
c) Correlações entre subescalas

4.1.2 Características do Inventário de Perspectiva Temporal

a)Análise da precisão
b)Correlações entre subescalas

4.2 Relação entre Adaptação Escolar e Perspectiva Temporal

a) Análise das correlações entre o Questionário de Adaptação Escolar e o Inventário de Perspectiva Temporal

b) Análise de correlações entre as subescalas do Questionário de Adaptação Escolar, do Inventário de Perspectiva Temporal e desempenho escolar

4.3 Comparação entre grupos - Diferenças entre géneros

Conclusões

Referências Bibliográficas

Índice de Quadros

Anexos

 

 

Trabalho completo