Psicologia

Dissertações de Mestrado

 

O sentimento de solidão em idosas institucionalizadas
A influência da autonomia funcional e do meio ecológico

 

Autor: Joana Fátima Mendes Coimbra
Orientador: Maria Eugénia Duarte Silva

 

Mestrado em Psicologia

Secção de Psicologia Clínica e da Saúde

Núcleo de Psicologia Dinâmica

Universidade de Lisboa
 

Se é autor de uma tese / dissertação de mestrado ou de doutoramento envie-nos para knoow.net@gmail.com e ajude-nos a enriquecer ainda mais o nosso site.

continuar

 

O sentimento de solidão em idosas institucionalizadas

Resumo

O presente estudo foi delineado com o intuito de perceber, no domínio da psicogerontologia, qual o impacto da dependência funcional e do meio ecológico ao nível do sentimento de solidão, em idosos institucionalizados. O conceito de solidão é diferenciado em solidão social e solidão emocional, de acordo com o modelo relacional de solidão de Weiss (1973). O objectivo primordial deste estudo é procurar compreender como a autonomia funcional e o meio ecológico influenciam a solidão social. No entanto, procedeu-se, de igual modo, ao estudo do impacto daquelas duas variáveis ao nível do sentimento de solidão emocional. Para esse efeito foram delineados estudos comparativos e correlacionais. Neste estudo participaram 36 indivíduos, do sexo feminino, institucionalizados e sem deterioração cognitiva. Foram seleccionadas 24 idosas num lar de Lisboa e 12 idosas em três lares do concelho de Elvas, Alentejo. Utilizou-se o MAB (Método de Avaliação Biopsicossocial Botelho, 2000), para classificação da autonomia funcional. Posteriormente, foram criados três grupos, com base na avaliação da funcionalidade e no meio ecológico: independente/urbano, dependente/urbano e dependente/rural. A cada participante foi aplicada, de forma individual, a Escala de Solidão Emocional e Social (Stroebe, Stroebe, Abakoumkin & Schut, 1996). Os resultados obtidos sugerem que (a) entre os idosos dependentes e independentes, institucionalizados em meio urbano, não existem diferenças ao nível dos sentimentos de solidão social e emocional; (b) entre os idosos dependentes, institucionalizados no meio urbano, e os idosos dependentes, institucionalizados em meio rural, existem diferenças nos sentimentos de solidão social e emocional; (c) a existência de um confidente está correlacionada com um baixo sentimento de solidão social; (d) o estado civil está indirectamente correlacionado com o sentimento de solidão emocional, sendo que as participantes viúvas são as

 

Palavras chave: Idosos institucionalizados, Envelhecimento, Gerontologia, Teses de mestrado

 

Índice

Resumo 

Abstract

Introdução

Envelhecimento

Perspectiva desenvolvimentista 
Envelhecimento óptimo, normal e patológico 
Envelhecimento no feminino 

Idosos Institucionalizados 

Meio urbano e meio rural

Funcionalidade 

Solidão 

Solidão e envelhecimento

Diferentes tipos de solidão

Solidão emocional e solidão social

Objectivos

Método

Caracterização da amostra

Contexto

Plano experimental

Instrumentos

Procedimento

Procedimento estatístico

Resultados 

Discussão

Conclusão

Bibliografia

Anexos

 

Capa_Indice_e_Anexos

Dissertação_de_Mestrado_