Psicologia

Dissertações de Mestrado

 

Stress e bem-estar na profissão docente
Estudo longitudinal de acordo com o modelo de Karasek

 

Autor: Fátima de Jesus Domingos Ernesto
Orientador: Maria José Chambel

 

Mestrado em Psicologia

Área de Especialização em Stress e Bem-Estar

Universidade de Lisboa
 

Se é autor de uma tese / dissertação de mestrado ou de doutoramento envie-nos para knoow.net@gmail.com e ajude-nos a enriquecer ainda mais o nosso site.

continuar

 

Stress e bem-estar na profissão docente

Resumo

O objectivo do presente trabalho foi avaliar os efeitos diferidos e os efeitos simultâneos das exigências do trabalho e do controlo do trabalho, de acordo com as duas hipóteses contempladas no modelo JCD de Karasek, a hipótese de strain e a hipótese de motivação/aprendizagem. Realizámos um estudo longitudinal em dois momentos temporais (T1 e T2) com um intervalo de seis meses, numa amostra constituída por 175 professores do 3º ciclo do ensino básico e do ensino secundário. Usámos medidas específicas para examinar as características da profissão, realizámos análises de regressão hierárquica múltipla, controlámos as variáveis demográficas e a respectiva variável dependente em T1. As análises revelaram alguns efeitos diferidos e simultâneos principais das características do trabalho sobre o burnout e 1 efeito de interacção diferido sobre a motivação/aprendizagem. Relativamente aos efeitos diferidos principais, confirmámos parcialmente a hipótese de strain do modelo JDC, verificámos que os professores com elevadas exigências da escola e baixo controlo sobre os alunos sofriam de mais exaustão emocional e, de acordo com a hipótese de motivação/aprendizagem do modelo JCD, encontrámos um efeito diferido de interacção entre exigências profissionais e controlo profissional em relação ao desafio. Um controlo elevado promovia níveis elevados de desafio nas situações de altas exigências. Relativamente aos efeitos simultâneos principais, apesar de os resultados não terem apoiado a hipótese de strain do modelo JCD, verificámos que os professores com elevadas exigências da escola, dos alunos e do trabalho no final do ano lectivo, sofriam de mais exaustão emocional nesse momento escolar.

 

Palavras chave: Profissão docente, Teses de mestrado

 

Índice

RESUMO

ABSTRACT

INTRODUÇÃO

Importância do Estudo do Stress e do Bem-Estar na Profissão Docente

Conceito de Stress e de Bem-Estar

Expressão do Stress e do Bem-Estar na Profissão Docente

Principais Factores Stressores na Profissão Docente

Consequências dos Stressores na Profissão Docente

Modelo das Exigências-Controlo de Karasek

Apresentação do Estudo

MÉTODO

Participantes

Procedimento

Instrumentos

RESULTADOS

Estatística Descritiva e Valores de Correlação de Pearson

Teste das Hipóteses

DISCUSSÃO

Conclusões e Implicações Práticas do Estudo

Limitações do Estudo e Sugestões para Investigações Futuras

REFERÊNCIAS

ANEXOS

 

Trabalho completo