Psicologia

Dissertações de Mestrado

 

Que tipo de integração é realizada pelos psicoterapeutas portugueses?
Estudo descritivo da responsividade às características dos clientes

 

Autor: André Gil Jorge Cravo
Orientador: Carla Moleiro

 

Mestrado em Psicologia

Área de especialização em Mudança e Desenvolvimento em Psicoterapia

Universidade de Lisboa
 

Se é autor de uma tese / dissertação de mestrado ou de doutoramento envie-nos para knoow.net@gmail.com e ajude-nos a enriquecer ainda mais o nosso site.

continuar

 

Que tipo de integração é realizada pelos psicoterapeutas portugueses?

Resumo

A integração em psicoterapia tem sido crescente e estudada em termos da sua prevalência em Portugal. Contudo, pouco se sabe acerca do tipo e forma de integração realizada. O presente estudo procurou explorar e descrever a forma como os psicoterapeutas integram intervenções de diversos modelos psicoterapêuticos. O seu objectivo geral foi investigar se a integração era feita de forma sistemática, responsiva às características dos pacientes, e baseada na evidência empírica. Participaram no estudo 65 psicoterapeutas (78% do sexo feminino, idade média de 32 anos), com variada experiência clínica (0.5 20 anos) e orientação teórica. Os participantes responderam a um questionário, desenvolvido a partir do Modelo de Selecção Sistemática, utilizando uma metodologia quantitativa e qualitativa. Os resultados demonstraram que as formas de integração dos psicoterapeutas portugueses são muito diversas, variando entre a utilização sistemática de princípios empíricos e o desenvolvimento de modelos únicos. Emergiram dois grupos de psicoterapeutas principais no que diz respeito à orientação teórica: (1) os dinâmicos e psicanalíticos, que fazem pouco uso de outras técnicas e (2) os cognitivos, comportamentais, humanistas e sistémicos, que utilizam técnicas entre modelos. Os psicoterapeutas humanistas e os integrativos tenderam a ser mais responsivos a características do paciente. São discutidas implicações para a prática e a formação de psicoterapeutas em Portugal.

 

Palavras chave: Integração, Psicoterapeutas, Evidência, Teses de mestrado

 

Índice

1. Introdução

2. Enquadramento Teórico

2.1. Movimento da Integração em Psicoterapia
2.2. As características do paciente em Psicoterapia

2.2.1. Défice funcional
2.2.2. Sofrimento subjectivo

2.2.3 Apoio social

2.2.4 Complexidade do problema

2.2.5 Resistência

2.2.6 Estilo de coping

2.2.7 Estilo de vinculação

2.2.8 Estádio de mudança

2.2.9. Princípios de Mudança em Psicoterapia baseados no Modelo Integrativo de Selecção Sistemática

2.3 A Integração em Psicoterapia em Espanha

2.4 A Integração em Psicoterapia em Portugal

3. Definição do Problema e Objectivos

4. Método

4.1 Participantes
4.2 Instrumento
4.3 Procedimento

5. Resultados
6. Discussão dos resultados
7. Referências Bibliográficas
8. Anexos

 

 

Dissertação

Questionario_Praticas_Psicoterapeutas