Psicologia

Dissertações de Mestrado

 

Uma viagem entre satisfação e proximidade conjugais e aliança parental

 

Autor: Carolina Mendonça Teves
Orientador: Mª Teresa Ribeiro, Ana Sousa Ferreira

 

Mestrado em Psicologia

Secção de Psicologia Clínica e da Saúde
Núcleo de Psicologia Clínica Sistémica

Universidade de Lisboa
 

Se é autor de uma tese / dissertação de mestrado ou de doutoramento envie-nos para knoow.net@gmail.com e ajude-nos a enriquecer ainda mais o nosso site.

continuar

 

Uma viagem entre satisfação e proximidade conjugais e aliança parental

Resumo

A presente investigação debruça-se sobre o estudo das relações familiares, mais concretamente, entre o subsistema conjugal e o subsistema parental. De modo a podermos a avaliar as influências entre estes dois subsistemas, seleccionaram-se variáveis representativas de cada subsistema, nomeadamente para a conjugalidade, a satisfação (Escala de Avaliação da Satisfação em Áreas da Vida Conjugal, EASAVIC, Narciso e Costa, 1996) e a proximidade conjugal (Escala de Inclusão do Outro no Self, IOS, Aron, Aron e Smollen, 1992) e, para a parentalidade, a aliança parental (Inventário de Aliança Parental, IAP, Abidin, 1995). Foi também analisada a evolução de cada variável ao longo do ciclo vital do casal e fez-se a comparação dos padrões de evolução das três variáveis ao longo deste ciclo. Este estudo foi realizado com uma amostra de 393 pessoas casadas ou em união de facto, com filhos, provenientes de várias zonas de Portugal, incluindo Açores e Madeira. Os resultados mostraram que as três variáveis encontram-se relacionadas directamente e que a variável representativa da parentalidade teve influência nas duas variáveis da conjugalidade, não se verificando o mesmo no que se refere à influência da conjugalidade na parentalidade, uma vez que apenas a satisfação conjugal demonstrou uma influência significativa na aliança parental.

 

Palavras chave: Aliança parental, Conjugalidade, Satisfação conjugal, Teses de mestrado

 

Índice

Introdução – “Um Mar de conceitos (sistémicos)

I. Enquadramento Conceptual – “As Ilhas que o nosso estudo escolheu visitar...”

II. Metodologia – “Passeando pelas ilhas…

O Desenho da investigação

2.1 - A questão inicial

2.2 - O mapa conceptual

2.3 - Objectivos gerais e específicos

2.4 - Questões de investigação

2.5 – Hipóteses

2.6 - Estratégia Metodológica

2.6.1 Selecção e caracterização da amostra

2.6.2 Instrumentos utilizados

a) Questionário de Dados Sócio-demográficos

b) Escala de Avaliação da Satisfação em Áreas da Vida Conjugal (EASAVIC)
c) Inclusion of Other in the Self Scale (IOS)
d) Parenting Alliance Inventor y (PAI)

2.6.3 Procedimentos na recolha e tratamento dos dados

III. Resultados – “As fotografias da viagem”

3.1 – Satisfação Conjugal
3.2 – Proximidade Conjugal
3.3 – Aliança Parental
3.4 – Relação entre satisfação conjugal, proximidade conjugal e aliança parental

3.4.1 – Comparação das variáveis quanto à sua evolução no ciclo vital do casal
3.4.2 – Correlações entre as variáveis
3.4.3 – Previsões da influência das variáveis

IV. Discussão dos resultados – “Reflectindo sobre as ilhas...”

V. Conclusão – “Recordando a nossa viagem pelas ilhas"

Bibliografia

Anexos

 

 

Trabalho completo